Volta Redonda inicia debate sobre o Plano de Mobilidade Urbana com entidades e associações

Volta Redonda inicia debate sobre o Plano de Mobilidade Urbana com entidades e associações

Seplag já realizou mais de 20 debates sobre o tema em vários bairros da cidade

 

Dando continuidade à construção do Plano de Mobilidade Urbana do município, a Prefeitura de Volta Redonda realizou na noite de terça-feira, dia 07, mais um debate sobre o tema. Dessa vez, o encontro foi com representantes de movimentos sociais e religiosos da cidade. O objetivo dos encontros é diagnosticar problemas e soluções para mobilidade, através das demandas apresentadas. Já nesta quarta-feira, dia 08, serão ouvidas as empresas de transporte coletivo, transporte escolar e órgãos sindicais. Na quarta-feira, dia 09, será a vez das universidades, associações, conselhos e entidades de pesquisa.

 

Os encontros estão sendo realizados no auditório da Prefeitura de Volta Redonda, no bairro Aterrado. Na primeira fase dos debates, a prefeitura realizou 21 reuniões em regiões diferentes da cidade, recebendo da população as demandas e sugestões de melhorias. “Conseguimos nessa primeira fase atingir quase 80 bairros e foram momentos importantes para o debate e para a construção do plano”, disse o secretário municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag), Júlio Andrade.

 

O secretário apresentou a primeira parcial do diagnóstico levantado nos bairros. “A coleta ainda não está completa, estamos terminando de fazer todo levantamento. Mas já tivemos alguns diagnósticos importantes, vindo diretamente da população”, salientou o secretário, que entregou aos presentes um questionário sobre a mobilidade da cidade. Os participantes responderam sobre os seguintes itens: transporte coletivo; transporte motorizado individual; transporte não motorizado; deslocamento a pé; e realizaram comentários gerais.

 

Já a diretora-presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPU), Maria Ilma, fez uma apresentação sobre a atual situação da mobilidade na cidade. Entre os pontos abordados, o número elevado de veículos. “No Estado, contando apenas automóveis, somos a cidade com mais número de carros para cada 100 habitantes. Nos últimos 14 anos, a frota de veículos subiu 136% na cidade, enquanto nossa população cresceu 7,17%”, comentou.

 

Quem destacou a importância dos debates foi José Maria da Silva, o Zezinho, o representante do MEP (Movimento pela Ética na Política) que acompanhou os debates sobre o PlanoMob. “Quando se fala de participação da população é sempre positivo, ainda mais se tratando de um tema tão importante para a população. Eu acompanhei pelo menos 50% das discussões nos bairros, e vi que a população está acreditando na mudança. Mas também é fundamental que a população fiscalize a implantação do plano”, comentou.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou que em dezembro a Prefeitura de Volta Redonda vai realizar uma Conferência Municipal de Mobilidade Urbana. “Na conferência, nosso objetivo será eleger os membros do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, criado esse ano pelo nosso governo. Na conferência também vamos apresentar o diagnóstico coletado nos bairros para que possamos concluir o PlanoMob”, destacou o prefeito.

 

Por Mateus Gusmão, com foto de Evandro Freitas – Secom VR

Prefeitura Municipal de Volta Redonda | Praça Sávio Gama, nº 53 - Aterrado | CEP: 27215-620 | Tel: (24) 3345-4444