Volta Redonda, uma cidade que cuida das mulheres

Volta Redonda, uma cidade que cuida das mulheres

Serviços de saúde e apoio às mulheres que sofrem violência estão entre os atendimentos

 

As mulheres cada vez mais ganham destaque e passam a ter um papel fundamental na sociedade. Em Volta Redonda, elas são a maioria da população, 134 mil mulheres diante de uma população de 257 mil pessoas, segundo o Censo do IBGE 2010.

 

E para atender essa parcela significativa da população, a Prefeitura oferece serviços especiais que podem ser utilizados o ano inteiro e promovem mais qualidade de vida para as mulheres de todas as faixas etárias. Desde atendimentos de saúde a apoio psicológico e proteção, no caso de mulheres que sofrem algum tipo de violência.

 

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (SMIDH) oferece diversos projetos e apoio social. Entre eles está o CEAM (Centro Especializado de Atendimento a Mulher), que conta com psicólogas, assistentes sociais e assistência jurídica. “Qualquer mulher que esteja vivenciando uma situação de violência doméstica deve procurar o CEAM. A mulher não deve se intimidar e nem se calar nunca”, disse a secretária da SMIDH, Dayse Penna. O contato com o Ceam pode ser feito pelos telefones (24) 3339-9025 ou 3339-2288. 

 

Outro serviço disponibilizado pela SMIDH é a Sala de Terapia Alternativa, que funciona na sede da secretaria, no bairro Aterrado, onde as mulheres podem usufruir de terapia holística e cromoterapia. Já nas oficinas de Desenvolvimento Humano, que também é realizado na Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, as mulheres participam de atividades que ajudam na busca por autonomia feminina e curso de coaching, que as auxiliam no planejamento pessoal e alcance dos objetivos.

 

Para as mulheres vítimas de violência a secretaria possui a Casa Abrigo Deiva Ramphini Rebello, que é um local seguro e de endereço não divulgado. A secretária Dayse Pena explica que, por meio da Rede de Relacionamento as mulheres recebem, via listas de transmissão no whatsapp, as ações da SMIDH. Para participar deste e de outros programas, oferecidos pela secretaria da mulher, elas podem entrar em contato pelo telefone (24) 3339-9215.

 

Toda violência contra a mulher deve ser denunciada

Mulheres que estiverem em qualquer lugar do país podem entrar em contato com a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, através do telefone 180. A Central funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) atende na Avenida Lucas Evangelista, n°667, no bairro Aterrado. O telefone de contato é  (24)3339-2279.

As mulheres contam ainda com a Patrulha Maria da Penha. Conforme os fluxos de atendimentos no CEAM, a patrulha é acionada. O serviço é realizado por uma equipe especial da Guarda Municipal.

"Eu cheguei no meu limite de humilhação, de vergonha, de ver que eu não estava fazendo nada de bom nem pra mim, nem pra mim família. Eu não estava ajudando minha família, me sujeitando aquilo. A gente tem que ter coragem e eu falo que valeu a pena a atitude que eu tomei. Hoje eu me respeito mais, eu gosto mais de mim. A gente pensa que é uma coisa qualquer, um móvel. Hoje eu sei que não sou um móvel. Eu sou uma pessoa e tenho orgulho de mim" – depoimento de uma mulher, que preferiu não se identificar.

 

Policlínica da Mulher: priorizando a saúde feminina  

 

A Policlínica da Mulher funciona no bairro Aterrado e tem a missão de prestar serviço ambulatorial nas especialidades de ginecologia, endocrinologia, mastologia e obstetrícia. A porta de entrada para a assistência são as unidades de saúde da atenção básica UBSF e UBS (Unidade Básica de Saúde da Família e Unidade Básica de Saúde). As consultas  são agendadas por meios do Sistema de Regulação do Ministério da Saúde (SISREG), a partir de encaminhamentos gerados nestas unidades.

 

A Secretaria Municipal de Saúde investe ainda na Educação em Saúde, promovendo reuniões destinadas às adolescentes grávidas, que participam dos grupos de planejamento familiar ou reprodutivo. Também oferece assistência às mulheres em preparo para cirurgia de laqueadura tubária, durante reuniões explicativas. Para participar as interessadas devem se dirigir a Policlínica da Mulher. Outras informações pelo telefone (24) 3339-9508.

 

Já na Atenção Básica, durante todo o mês de março, todas as 44 UBSF ou UBS (Unidade Básica de Saúde da Família ou Unidade Básica de Saúde), estão priorizando o atendimento às mulheres. O objetivo é promover a educação em saúde e a busca-ativa daquelas que estão afastadas do serviço de saúde.

 

A dona de casa Eliana Meira Teixeira comentou sobre o atendimento que recebeu na Policlínica. “Eu sempre sou muito bem atendida aqui na Policlínica. Hoje eu vim aqui para fazer meu preventivo. Eu venho à Policlínica a cada seis meses. A gente tem que tomar cuidado sempre”, disse Eliana.

 

Adriana Aparecida de Souza fez uma cirurgia de ablação uterina no Hospital do Retiro. Ela conta que durante o pré e o pós-operatório ela recebeu um excelente atendimento. “Eu fiquei muito feliz com o atendimento que recebi na Policlínica. Em todas as vezes que eu fui lá fazer os exames as pessoas foram muito atenciosas. Passei por momentos delicados e graças a Deus tive o melhor atendimento, tanto na Policlínica, quanto no Hospital do Retiro. Recomendo que as mulheres cuidem de sua saúde e mantenham o preventivo em dia”, disse Adriana.   

 

O prefeito Samuca Silva destacou que projetos e ações voltados para as mulheres sempre terão o apoio de seu governo. “Se pudermos investir em ações preventivas será melhor, mas determinadas situações são imprevisíveis, a violência contra a mulher por exemplo. Por isso, investimos em ações e alternativas que auxiliam e protejam as mulheres. As equipes são preparadas para manter o sigilo nesses casos”, disse o prefeito.

 

Por Simone Freitas – Secom/VR

Prefeitura Municipal de Volta Redonda | Praça Sávio Gama, nº 53 - Aterrado | CEP: 27215-620 | Tel: (24) 3345-4444