Campanha de vacinação contra pólio e sarampo começa na segunda-feira, dia 06

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo

começa na segunda-feira, dia 06

Volta Redonda vai disponibilizar as doses em todas as 44 unidades da Atenção Básica

 

Volta Redonda está preparada para participar da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo que começa na próxima segunda-feira, dia 06, e vai até o dia 31 agosto. O Dia D já está programado para o sábado, dia 18. O município vai oferecer as doses da vacina em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família. Com cerca de 14 mil crianças com idade entre um e quatro anos, que formam o público alvo da campanha, a meta em Volta Redonda é vacinar, no mínimo, 95% desse número, em torno de 13,3 mil.

 

De acordo com o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, durante todo o mês, serão realizadas ações de divulgação e conscientização junto à população para garantir que os pais levem seus filhos às unidades de saúde. “Todas as 44 unidades da Atenção Básica vão participar da campanha, facilitando o acesso da população às doses da vacina. Os pais devem procurar a unidade mais perto de casa, das 8h às 17h”, afirmou o secretário.

 

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica de Volta Redonda, Milene Paula de Souza, afirma que o objetivo da campanha é aumentar a cobertura vacinal, evitando que doenças já sob controle no país voltem a aparecer. “Pois, a vacina contra a pólio e a tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, são oferecidas na rede pública de saúde pelo Programa Nacional de Imunizações durante todo o ano e estão disponíveis nas unidades de saúde de Volta Redonda”, falou.

 

A tríplice viral deve ser tomada na infância e em duas doses, a primeira com 12 meses e a segunda com 15 meses. Na segunda dose, a vacina recebe um reforço contra uma quarta doença, a varicela, infecção viral altamente contagiosa que causa a catapora.

 

A vacina contra a poliomielite torna a criança protegida contra três tipos diferentes do vírus que causa esta doença, conhecida popularmente como paralisia infantil. Para garantir a melhor proteção é preciso tomar cinco doses da vacina antes dos cinco anos de idade. “É importante que os pais levem a caderneta de imunização para registrar a administração das vacinas”, alertou Milene.

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, afirma que o governo municipal não medirá esforços para garantir a ampliação da cobertura vacinal da população para a pólio e o sarampo. “O reaparecimento de casos dessas doenças só pode ser evitado com a vacinação em massa. Com campanhas de conscientização vamos conseguir imunizar nosso público alvo. Volta Redonda vai fazer sua parte”, disse o prefeito.

 

DIA D – Para intensificar a adesão da população à campanha, a secretaria municipal de Saúde fechou parceria com o Rotary Club, que fará ações em três unidades de saúde no Dia D de Vacinação, sábado, 18 de agosto. As atividades serão educativas para conscientização da população. Haverá distribuição de panfletos informativos e carro de som circulando na comunidade, convidando os pais das crianças com menos de cinco anos a procurar a unidade.

 

O Rotary Club de Volta Redonda ficará responsável pela Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do Roma I; o Rotary Club de Volta Redonda Leste vai atuar na UBSF do Santa Cruz; e o Rotary Club de Volta Redonda Norte estará na UBSF Três Poços. A escolha dessas três unidades da Atenção Básica foi por conta do contingente populacional expressivo em relação à faixa etária que compõe o público alvo da campanha.

 

Por Renata Borges

Prefeitura Municipal de Volta Redonda | Praça Sávio Gama, nº 53 - Aterrado | CEP: 27215-620 | Tel: (24) 3345-4444