Filtro
  • Trailer da Unidade de Guarda Comunitária está no Jardim dos Inocentes; será implantada ainda ronda com bicicleta

           O trailer da UGC (Unidade de Guarda Comunitária), da Guarda Municipal de Volta Redonda, saiu da Praça Japão na tarde dessa segunda-feira (dia 18), e foi para o Jardim dos Inocentes, que fica ao lado, ambos na Vila Santa Cecília. Ele estava na Praça Japão desde o dia 12 de agosto.       A mudança foi feita por causa de vários pedidos de moradores e freqüentadores do Jardim dos Inocentes. Mas a mudança não deixará a Praça Japão desguarnecida, uma vez que os locais estão próximos.

            “A população pediu o remanejamento por causa da presença de jovens que estariam fazendo consumo de entorpecentes, além de reforçar a segurança para os moradores, frequentadores e estudantes que passam pelo local, uma vez que existem pelo menos quatro escolas nas proximidades”, disse o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, que anunciou outra novidade prevista para a próxima semana: “Vamos implantar a ronda feito com um GM em bicicleta, o que dará a ele uma agilidade maior na fiscalização diária. Esse reforço é necessário por causa do aumento do movimento nas ruas no fim de ano. O guarda será orientado a verificar todas as ruas, embaixo das pontes, entre outros locais no entorno”, ressaltou o comandante.

  • União de órgãos de segurança vai combater eventos ilegais

    Na manhã desta sexta-feira, dia 8, representantes de órgãos de segurança e de setores da Prefeitura de Volta Redonda estiveram reunidos no Palácio 17 de Julho para discutir sobre os eventos que são realizados no município, mesmo sem terem autorização. Estiveram presentes o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa; o comandante do 28º BPM, tenente coronel Marcos Vinícius; o delegado da Polícia Federal, Elias Escobar; o delegado e titular da 93ª DP, Antonio Furtado; o capitão do Corpo de Bombeiros, Anderson Cardoso; além de representantes do Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Fazenda, bem como da Vigilância Sanitária.

    Foi decidido que será criada uma força tarefa, com um representante de cada uma dessas instituições, com o objetivo de se reunir toda semana e trocar informações sobre os eventos que estão sendo preparados para acontecer na cidade, principalmente durante os fins de semana. Já nessa reunião ficou decidido que um encontro nacional de som automotivo, que seria realizado neste domingo, dia 10, na Casa de Portugal, não será permitido, uma vez que os organizadores não obtiveram o “nada a opor” de todos os órgãos, exigido por força do decreto estadual 39.355/2006, entre outras providências. 

    De acordo com o major Luiz Henrique, “os organizadores, mesmo sem obterem as autorizações de todos os órgãos, continuam realizando as festas e passando por cima da decisão das autoridades, colocando em risco as pessoas que frequentam esses locais. Sem contar com as denúncias de tráfico e consumo de drogas e de bebidas alcoólicas por menores de idade, aliciamento desses menores e segurança interna, que não seja comprovada legalmente”, disse ele, acrescentando que “não queremos acabar com os eventos na cidade, mas sim dar um fim às festas ilegais e clandestinas, onde a preocupação com a segurança não existe”, garantiu. 

    Os eventos são tratados como se fossem festas particulares (de aniversário), sendo que muitos ocorrem em sitios particulares, e a divulgação feita quase que exclusivamente pelas redes sociais. “A força tarefa vai monitorar as redes sociais, descobrir cada um dos eventos e tomar as precauções antecipadamente, realizando um trabalho preventivo, onde a população sempre saia ganhando”, afirmou o major. Todas as resoluções - de como a força tarefa agirá -, tiveram o apoio dos presentes, com a decisão unânime de que “a ação será contundente e recorrente, na medida em que essas festas forem se repetindo”. Nas festas clandestinas, há a cobrança de ingresso, em que as bebidas são liberadas e incluídas no preço, mas tudo é feito para parecer uma festa de aniversário comum. A presença do Conselho Tutelar, nos dias de realização dessas festas, também foi cogitada na reunião.  

    Com a deliberação de já barrar o encontro nacional de som automotivo no próximo domingo, ficou definido também que “as ações das forças de segurança serão de maneira profilática e preventiva, pois é a melhor saída”, ressaltou o comandante da GMVR. Para burlar a fiscalização, os organizadores apresentavam às autoridades policiais, na porta dos locais de realização, os protocolos de entrada dos pedidos de autorização, como se fossem as autorizações propriamente ditas. “Por isso é muito importante que estejamos sabendo com antecedência do que vai acontecer, para evitar que tenhamos de coibir no dia da festa. Para isso, vamos nos desdobrar e monitorar as redes sociais”, concluiu o major Luiz Henrique.  

     

  • Motos estão sendo fiscalizadas pela Guarda Municipal de Volta Redonda

    A Guarda Municipal iniciou nesta segunda-feira, dia 4, a operação de fiscalização voltada para as motocicletas, na Av. Adalberto de Barros Nunes, em frente ao Posto Avançado da corporação, das 9h às 11h 3 das 15h às 17h. Isso ocorrerá em todas às segundas-feiras dos meses de novembro e de dezembro, em pontos distintos da cidade, visando à segurança do condutor, pois com as férias escolares há o aumento no uso de linha de pipa com cerol.   

     

            De acordo com o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, “vamos premiar os condutores de motocicletas que estiverem com a documentação em dia e o veículo em perfeito estado de conservação, doando uma antena anti pipa (ou anti cerol), que será instalada na hora pela Guarda Municipal. A cada segunda-feira estaremos num local diferente, sempre visando à segurança e bem estar dos condutores”, disse ele.

     

             Também nos dois últimos meses do ano, a fiscalização será intensificada por causa dos crimes que costuma ser cometidos por duplas em motos. “Vamos intensificar as fiscalizações nos corredores mais movimentados da cidade, buscando oferecer mais segurança aos cidadãos de Volta Redonda e de outras cidades vizinhas, que estarão fazendo as suas compras”, garantiu.

  • Guarda Mirim faz Blitz Educativa no Tiradentes

          Os 50 integrantes da Guarda Mirim estarão nesta quinta-feira, dia 24, realizando uma Blitz Educativa Sobre o Trânsito, na praça principal do bairro Tiradentes, das 9h às 11h, com a participação de 25 guardas mirins. Na parte da tarde, entre 14h e 16h, outros 25 estarão no local distribuindo panfletos educativos e a multa moral.

           A multa moral foi feita para chamar a atenção dos condutores que forem flagrados cometendo alguma irregularidade e a punição é “aceitar esse puxão de orelha com bom humor e admitir seu erro”. A ideia partiu da coordenadora do projeto, inspetora Paula que pretende, através dessas fiscalizações, ensinar aos guardas mirins e aos condutores que o melhor é andar de acordo com a lei, obedecendo ao CTB (Código de Trânsito Brasileiro). 

          Segundo a coordenadora inspetora Paula, “eles param os condutores de veículos diversos, incluindo motociclistas e ciclistas, além dos pedestres, para entregar panfletos educativos voltados para as faixas de pedestres, ciclistas, cinto de segurança, uso da cadeirinha, álcool e direção, entre outros e agora, caso seja flagrada alguma irregularidade, entregarão a multa moral”, explicou ela.

         De acordo com o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, “a distribuição de panfletos educativos é muito bem recebida pelos condutores. Os motoristas são unânimes em afirmar que, quando a mensagem é passada por uma criança, todos a acolhem com mais facilidade”, explicou o major.

  • Volta Redonda vai sediar I Fórum Regional de Segurança Pública

     

     

     

    No próximo dia 22 (terça-feira), das 8h às 18h, será realizado o I Fórum

    Regional de Segurança Pública no UBM Unidade Cicuta, que fica na Fazenda Santa Cecília. O evento é promovido pelo Cisegci (Consórcio Intermunicipal de Segurança com Cidadania do Médio Vale do Paraíba), que engloba 13 cidades: Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença, Vassouras e Volta Redonda, abrangendo cerca de um milhão de pessoas. 

    Durante o fórum serão discutidas e definidas as diretrizes que fundamentarão a criação da Política Pública Regional de Segurança e do Programa de Prevenção à Violência da Região do Médio Vale do Paraíba Fluminense, destacando a importância dos municípios na consolidação desta nova realidade para a região, que é a integração. 

    Conheça a programação:

    8h – Credenciamento

    9h – Abertura oficial

    9h50min – Palestra “O Papel dos Municípios na Segurança”, seguida de debate

    12h30min – Almoço

    14h – Formação de grupos de trabalho, onde os participantes debaterão problemas e apontarão possíveis soluções para as seguintes questões: Gestão participativa e integrada; Planejamento e gestão estratégica; Educação, valorização e reestruturação das Guardas Civis Municipais; Prevenção social da violência; Segurança nas escolas (infância e adolescência); Racismo e homofobia; Mulheres e violência de gênero; Drogas; Paz no trânsito; e Crimes Violentos

    16h – Café

    16h30min – Plenária, com apresentação dos grupos de trabalho; elaboração e compartilhamento de agendas com as ações que estão sendo ou serão desenvolvidas nos municípios; e indicação dos articuladores de cada cidade.

     

  • Balanço de um mês de atendimento da UGC

     

     

    A UGC (Unidade de Guarda Comunitária) começou o atendimento no dia 12 de agosto e, até o dia 17 de setembro, conseguiu solucionar 207 problemas diversos, sempre envolvendo a segurança pública em nível primário. A Guarda Comunitária tem proporcionado uma parceria positiva entre a população e a Guarda Municipal, que demonstrou estar em grande sintonia, de acordo com os moradores e com os presidentes das associações. 

    A cidade foi dividida em cinco setores, monitorados por viaturas exclusivas da UGC (cinco veículos Blazer, um Gol, uma moto e um trailer), e tendo um inspetor e um GM responsáveis, além de um inspetor que trabalha na motocicleta dando apoio aos setores e ainda atendendo à Ouvidoria da corporação. Cada inspetor está em contato diário com os presidentes das associações e, sempre que acionado, atende aos moradores diretamente. 

    No dia 15 de agosto, Adriano Correa de Matos entrou em contato com a Ouvidoria da GMVR para agradecer o trabalho “eficiente e rápido, feito na da Rua José Bento Ribeiro Dantas, no bairro Santo Agostinho, pois tinha um grande buraco na via, oferecendo perigo aos condutores e pedestres. Reclamei num dia e no dia seguinte o serviço estava pronto. E o inspetor Augusto ainda veio na minha casa perguntar se eu estava satisfeito. Aprovei o trabalho e acho que era essa interação que estava faltando”, disse ele.

    De acordo com Mário Luiz Mendonça, que é presidente da Associação de Moradores do bairro Siderville há 12 anos, “esse contato direto entre a UGC e a associação é bem transparente e não tem enganação, facilitando muito para que a solução dos problemas sejam mais rápidas. Em dois dias que está sendo feita a poda de árvores do meu bairro, já deu para sentir a diferença, principalmente de noite, pois as ruas estão mais claras e, consequentemente, mais seguras”, disse ele. 

    Para o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, “a parceria com as secretarias municipais, o Saae, o Ciosp e a Suser está sendo fundamental para termos um resultado tão positivo nas questões de segurança pública inerentes ao município, pois em cada setor tem uma pessoa responsável pelas solicitações da UGC e o trabalho tem fluido bem. Mas, isso também se deve muito ao empenho dos inspetores que estão responsáveis pelos setores, que entenderam a essência do trabalho e não estão poupando esforços para encontrarem as soluções”, ressaltou. 

    Ainda de acordo com ele, “dos serviços feitos até agora, podemos destacar a limpeza das vias públicas relacionadas aos veículos em situação de abandono que, em toda a cidade, somaram 126 denunciados e que foram retirados pelos proprietários ou recolhidos ao Depósito Público; a retirada de pneus abandonados em vias públicas e terrenos, que somaram cerca de 700, apanhados de oito locais diferentes; os entulhos sobre calçadas e ruas, que foram flagrados em pelo menos 25 bairros, que foram retirados e os locais totalmente limpos; muitas lâmpadas em postes públicos foram trocadas, como em Santa Rita do Zarur que, em apenas uma rua somaram 21 lâmpadas; nove trailers que estavam estacionados irregularmente, em bairros diferentes foram levados a locais permitidos; diversas calçadas foram desobstruídas; vários buracos em asfalto foram tapados; bueiros que estavam sem tampas ou quebrados foram arrumados, entre outros casos mais graves, como a recuperação de dois veículos que haviam sido furtados e a demolição de uma construção feita em área pública”, contabilizou o comandante, acrescentando que muitos casos de menor porte fazem parte dessa estatística.   

    - Cabe ressaltar que todos esses fatos afetavam a segurança pública de alguma forma. Para todo problema encontrado, por menor que seja, estão sendo feitas fotos do antes e do depois. Todos esses dados estão sendo consignados em estatística, para que possamos mostrar toda a transparência do trabalho da UGC, que já está sendo reconhecida pelos cidadãos de vários bairros da cidade, apesar do pouco tempo de atuação, concluiu o major Luiz Henrique. 

     

  • GMVR flagra condutor com sinais de embriaguez

           

     

    Por volta das 18h15min dessa segunda-feira, dia 16, o GM Barbosa foi acionado pelo Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) para atender a um Brat (Boletim de Registro de Acidente de Trânsito), ocorrido na Av. Nossa Senhora do Amparo, no bairro Voldac. De acordo com as declarações colhidas por um dos envolvidos, o condutor do Gol prata, placa KOT 7580, Luiz Fernando de Souza Elias, de 35 anos, teria batido em outro Gol prata, placa KZF 1406, que estava parado, e fugiu do local, mas foi alcançado no bairro Pinto da Serra.

     Chegando ao local, o GM percebeu que Luiz Fernando Elias mostrava claros sinais de embriaguez e estava sem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ele foi conduzido ao posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Dorândia, onde fez o teste do etilômetro, que confirmou a embriaguez em 0,78 Lts. 

    Luiz Fernando foi autuado por dirigir sem possuir a CNH; por dirigir sob a influência de álcool e ainda teve o seu veículo encaminhado ao Depósito Público por não ter apresentado um condutor habilitado. Ele foi levado à 93ª DP, onde foi feito o auto de prisão e tomadas as medidas cabíveis.  

     

  • GMVR apreende mais de mil mídias piratas

          

           O supervisor Vidal e o GM Simão foram acionados pelo Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), por volta das 13h desse sábado, dia 14, para verificar a denúncia de que uma pessoas havia montado uma banca para a venda de mídias piratas, na Av. presidente Kennedy, esquina com a Rua Paraty, no bairro Siderlândia.

    Chegando ao local, os GMs encontraram uma banca, do tipo que comercializa jornais e revistas, cheia de mídias piratas, mas sem ninguém dentro. Foram contabilizadas 1.259 midias piratas, entre CDs, DVDs e jogos eletrônicos. Todo o material foi levado à 93ª DP, onde foram tomadas as medidas cabíveis. 

     

  • UGC retira veículos estacionados em calçada

    O GM Assumpção, responsável pelo Setor 5 da UGC (Unidade de Guarda Comunitária) recebeu na manhã do dia 11 de setembro (quarta-feira), reclamações de moradores da Rua Sergipe, no bairro Retiro, sobre quatro veículos que estavam abandonados ao longo da via e causando transtornos.

    Ao pesquisar junto aos reclamantes, o GM chegou aos proprietários de duas oficinas mecânicas, que assumiram a responsabilidade de terem deixados os veículos abandonados na via pública. Depois de ter dado um prazo para que os veículos fossem retirados da rua e colocados em local adequado. Por volta das 16h do mesmo dia, a rua estava totalmente liberada e todos os veículos recolhidos.

  • Patrulha Escolar encaminha dois jovens à 93ª DP

     

    Por volta das 10h desta quarta-feira, dia 11, a Patrulha Escolar da GMVR – formada pela inspetora Wilma e pelo policial militar Leandro -, foi acionada pela diretoria do Colégio Estadual Brasília, localizado no bairro Vila Brasília, pois um aluno de 16 anos disse que estava sendo ameaçado de morte por Cleiton Marcelino, de 18 anos, morador do Coqueiros, que se encontrava nas proximidades da escola.

    Chegando ao local, a inspetora e o PM conseguiram localizar Cleiton Marcelino, numa praça perto da unidade escolar, que afirmou ter sido ele a receber a ameaça. “Nós fomos, então, para o interior do Colégio e pedimos para o aluno mostrar o que tinha no interior da mochila. Foi com surpresa que encontramos uma faca de grande porte, escondida entre o material escolar do menor”, disse a inspetora.

    Todos foram encaminhados à 93ª DP e os pais do aluno, que mora no Belo Horizonte, também compareceram à Delegacia, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

     

  • GMVR flagra condutor com sinais de embriaguez

    Por volta das 21h30min desse sábado, dia 7, o supervisor Vidal e o GM C.Marques foram acionados pelo Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) para atender a um Brat (Boletim de Registro de Acidente de Trânsito), ocorrido na Rua 5, no bairro Conforto. 

    Chegando ao local, notaram que o condutor do Tipo verde, placa KUX 0126, Kelso Fernando Dias Guimarães, de 24 anos e morador do bairro Ponte Alta, mostrava claros sinais de embriaguez. Ele foi conduzido ao Posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no distrito de Dorândia, em Barra do Piraí, para fazer o teste do etilômetro, que deu positivo para alcoolemia, em 0.74 Lts. 

    Os GMs encaminharam o condutor Kelso Guimarães para a 93ª DP, onde foram tomadas as medidas cabíveis. Ele foi autuado por dirigir sob a influência de álcool e por não possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O veículo foi entregue a um condutor habilitado.  

     

  • Guarda Municipal desfila no 7 de Setembro

     

     

    Nesse sábado, dia 7, desde às 6h os guardas municipais já estavam se movimentando para o Desfile Cívico do Dia da Independência do Brasil, realizado na Av. Paulo de Frontin, no bairro Aterrado. A Guarda Municipal de Volta Redonda iniciou o desfile das suas viaturas por volta das 8h30min e foi muito aplaudida pelo público presente. A seguir, um mosaico de fotos mostrando desde a concentração até o final do desfile. 

     

     

     

  • GMVR auxiliará a Polícia Civil na entrega de intimações

    Uma reunião realizada no dia 4 de setembro, na 93ª DP, no bairro Aterrado, entre o comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, e o delegado titular Antonio Furtado, firmou uma parceria entre as duas instituições, que agilizará o trabalho da Delegacia, através da entrega de intimações no município.

    De acordo com o major Luiz Henrique, “tivemos uma reunião na semana passada e o delegado Furtado me indagou se poderíamos ajudá-lo com a entrega das intimações, em casos com menor potencial ofensivo. Firmamos a parceria, logicamente com o aval do prefeito Antônio Francisco Neto, que foi consultado sobre o assunto em uma outra reunião, também com a presença do delegado Furtado”, contou ele. Ficou acordado hoje, que o inspetor Valdo ficará encarregado de pegar as intimações, todas as terças e quintas-feiras. Ele terá um prazo de 10 dias para dar o retorno.

    O serviço terá início nesta terça-feira, dia 10. Segundo o delegado Furtado, “já temos pelos menos umas 30 intimações que a Guarda Municipal poderá começar a entregar. Para facilitar o trabalho do GM, dividiremos os documentos por bairros, sempre preservando a integridade do guarda, por isso serão reservadas apenas as que tiverem menor potencial ofensivo, que são a maioria dos atendimentos na 93ª DP, como por exemplo, calunia, difamação e ameaças, ficando os mais graves a cargo dos policiais”, esclareceu.

    O delegado disse ainda que pesquisou recentemente e descobriu que essa parceria já existe em outras cidades. “O policial tem que fazer a ocorrência e ainda entregar as intimações, que acaba afastando-o da Delegacia e contribuindo para a demora no atendimento diário e no desenrolar da ocorrência propriamente dita”, afirmou acrescentando que o trabalho pode ser aperfeiçoado com o tempo, quando poderão ser feitas as adaptações necessárias.

    Para o major Luiz Henrique, “essa agilidade na entrega das intimações pode até contribuir para diminuir a prática de ilícitos, uma vez que acaba com a sensação de impunidade, evitando que aquela pessoa possa vir a cometer algo mais grave ainda”, ressaltou. Segundo o delegado, o número de intimações é de acordo com a quantidade de ocorrências e, muitas vezes, “leva-se até três meses para que todas as intimações referentes a uma ocorrência possam ser entregues, dependendo de quantas pessoas estejam envolvidas no caso”, esclareceu ele acrescentando que, com a ajuda da GMVR, “vamos aumentar a velocidade das respostas e resolver mais rapidamente as ocorrências”, salientou. 

     

  • Guarda Municipal de Volta Redonda lança a UGC

     No dia 12 de agosto, no Auditório do Palácio 17 de Julho, sede da Prefeitura de Volta Redonda, no Sul do Estado, foi feito o lançamento oficial da UGC (Unidade de Guarda Comunitária), para todos os presidentes de Associações de Moradores do município. As atividades da UCG iniciaram  no dia seguinte e englobam todos os bairros da cidade. Fizeram parte da mesa o prefeito Antônio Francisco Neto; o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa; o delegado da 93ª DP, Antônio Furtado; o comandante do 28º BPM, coronel Igor Magalhães, além de inspetores e da Ouvidora da corporação.  A Unidade de Guarda Comunitária é uma filosofia e uma estratégia organizacional que proporciona uma parceria entre a população e a Guarda Municipal, trabalhando a segurança pública em nível primário.

         “A ideia é que tanto a Guarda quanto a comunidade se empenhem para identificar, priorizar e resolver problemas. Acreditamos que os problemas sociais terão soluções cada vez mais efetivas, na medida em que haja a participação de todos na sua identificação, discussão e análise, para chegarmos a um desfecho ideal”, afirmou o comandante da GMVR.


         A frota da UCG, cujos veículos receberam identificação própria, é formada por um Gol, uma motocicleta e um trailer, enviados pelo Governo Federal, além de quatro veículos Blazer, que foram cedidas pelo Governo do Estado e adaptadas para o projeto. Para atender a todos, a cidade foi dividida em cinco regiões, ficando a área da Grande Vila Brasília (que abrange 12 bairros), com uma viatura exclusiva. O trailer ficará exclusivamente na Praça Japão, na Vila Santa Cecília, devido à quantidade de denúncias recebidas sobre o local. Os outros bairros serão cobertos por rondas, sempre durante o dia. “Uma vez que de noite os problemas são mais contundentes, por isso precisamos colher as informações, discutir e analisar os casos, para que eles sejam solucionados da melhor maneira possível, envolvendo outros órgãos, como as polícias Civil e Militar, se for o caso. As soluções serão tomadas de forma integrada”, afirmou Barbosa.


    PREPARAÇÃO - Para que o projeto fosse colocado em prática, muitas decisões foram tomadas antecipadamente: mais de 120 guardas e todos os inspetores passaram por cursos de qualificação, voltados para os temas ‘Guarda Cidadão’ e ‘Gestão’; pelo menos 40 presidentes de associações de moradores também participaram de curso sobre ‘Líder Comunitário’; além de reuniões que envolveram representantes de secretarias municipais que possam estar ligadas à segurança primária, como por exemplo, de Obras, de Serviços Públicos, Suser, entre outras.


         Seis inspetores são responsáveis pelos problemas que surgirem em cada uma das regiões e terão uma máquina fotográfica, principalmente para registrar o antes e o depois das ocorrências. Eles têm ainda um formulário próprio onde serão narradas as solicitações que, por sua vez, são enviadas aos órgãos que porventura podem ser responsáveis pela solução, ficando uma via com o órgão e outra arquivada na GMVR. Alem disso, os inspetores têm um livro, onde serão listadas todas as atividades realizadas em cada dia, divididas em ‘Constituição do Serviço’ e ‘Ocorrência’. Tudo que é feito entra em estatística. 


         De acordo com o major Luiz Henrique, a excelente relação entre a comunidade – através das associações de moradores - e a Guarda é a principal meta. “A intenção é que tenhamos aliados no combate à segurança primária, evitando assim a prática de crimes ou irregularidades no trânsito”, ressaltou. São problemas como poda de árvore, que podem facilitar a ação de ilícito; buraco no asfalto, que pode causar um acidente de trânsito e atingir um pedestre; obstrução em calçadas, que obriga o pedestre a alcançar a rua para continuar seu caminho; troca de lâmpada de poste que esteja queimada; retirada de carcaças e de pneus abandonados nas ruas, entre outros.


         “A participação ativa do cidadão tem reflexos imediatos no sucesso do atendimento, uma vez que ele conhece de perto os problemas e as reivindicações da comunidade. Focando a segurança em nível primário, acredito que iremos melhor a qualidade de vida da cidade como um todo”, apontou o comandante da GMVR.   

  • Guarda Mirim faz Blitz Educativa na Vila Mury; Ação foi a última antes da formatura no dia 2 de agosto

            Os 50 integrantes da Guarda Mirim estiveram nesta sexta-feira (dia 19), realizando o último evento pelas ruas de Volta Redonda antes da formatura, que está marcada para o dia 25 de agosto, na Ilha São João, às 18h. A Blitz Educativa Sobre o Trânsito foi feita em frente ao Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Vila Mury, que fica na Av. Amazonas. Na parte da manhã, entre 9h e 11h, partiiciparam 25 guardas mirins e na parte da tarde, entre 14h30 e 16h30, outros 25 estiveram no local distribuindo a “multa moral”.        

     

             A multa moral foi feita para chamar a atenção dos condutores que forem flagrados cometendo alguma irregularidade e a punição é “aceitar esse puxão de orelha com bom humor e admitir seu erro”, segundo a coordenadora do projeto, inspetora Paula. A ideia, segundo ela, é através dessas fiscalizações ensinar aos guardas mirins e aos condutores que o melhor é andar de acordo com a lei, obedecendo ao CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

     

             “Eles param os condutores de veículos diversos, incluindo motociclistas e ciclistas, além dos pedestres, para entregar panfletos educativos voltados para as faixas de pedestres, ciclistas, cinto de segurança, uso da cadeirinha, álcool e direção, entre outros e agora, caso seja flagrada alguma irregularidade, entregarão a multa moral”, explicou.

     

             De acordo com o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, a distribuição de panfletos educativos é muito bem recebida pelos condutores. “Os motoristas são unânimes em afirmar que, quando a mensagem é passada por uma criança, todos a acolhem com mais facilidade. Agora vamos chamar a atenção com muito bom humor e fico feliz em saber que a multa moral está sendo bem aceita também”, afirmou.

     

  • GMVR realizará o 4º Leilão de Veículos no sábado (dia 13), às 10h30, na Praça Sávio Gama

       A Guarda Municipal de Volta Redonda fará neste sábado (dia 13), a partir das 10h30, o 4º Leilão de Veículos Apreendidos, na Praça Sávio Gama, em frente à sede da Prefeitura Municipal de Volta Redonda, no bairro Aterrado. 188 veículos irão a leilão. Na semana passada, a organização do evento, a cargo do leiloeiro oficial Murilo Chaves, realizou a identificação de cada um dos veículos, loteando e fotografando os mesmos para que possam ser publicados no site do leiloeiro, pois o leilão é feito também online. As visitações dos lotes - quando poderão ser verificadas as partes externas dos veículos - começaram a ser feitas nesta quarta-feira   (dia 10), e estão previstas para acontecer até a sexta-feira (dia 12), das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h. No sábado, dia do leilão, a visitação será das 8h às 9h30.

            Durante a visitação, o interessado receberá um catálogo com a numeração de lotes disponíveis para o leilão. Os locais de visita são o Depósito Público Municipal, que fica na Av. Francisco Crisóstomos Torres, nº 1.135, bairro São Luiz (ao lado do Posto de Vistoria do Detran-RJ), e na sede da Guarda Municipal, que fica na Av. Mario Haseck, nº 10, na Ilha São João. Já as indagações sobre regularização dos veículos deverão ser feitas diretamente com o leiloeiro oficial, através do site www.murilochaves.com.br

            Todos os proprietários dos veículos apreendidos foram informados de que o seu veículo vai para leilão, caso não providencie a sua regularização até o dia marcado. “Os proprietários poderão retirar os veículos até antes do arremate por outro pretendente”, informou o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa.

    Os veículos que estarão sendo levados a leilão são:

    - 21 automóveis como veículos;

    - 77 automóveis como sucatas;

    - 52 motocicletas como veículos;

    - 28 motocicletas como sucatas;

    - 02 carrocerias de caminhão;

    - 01 trailer;

    - 07 bicicletas.  

  • GMVR sedia curso para agentes comunitários durante cinco sábados na sede da corporação

               Desde o sábado passado (dia 7), a Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) está realizando mais um “Curso de Capacitação para Líderes Comunitários em Agente de Prevenção à Violência”, que terá a duração de cinco sábados consecutivos, das 8h30 às 12h30, voltado para presidentes de associações de moradores do município. No mês de abril, 25 pessoas ligadas a associações fizeram o curso. O módulo está previsto no CISEGGI (Consórcio Intermunicipal de Segurança com Cidadania do Médio Vale Paraíba Fluminense), que resolveu dar outra chance aos que não puderam participar da primeira etapa. Em dezembro de 2011, o Ciseggi e o Ministério da Justiça firmaram convênio com o objetivo de implantar o Programa Regional de Segurança Pública, cujos cursos de capacitação tiveram início a partir de abril.
            

            “As aulas estão sendo ministradas no Auditório da corporação e 10 presidentes de associações de moradores estão nesta segunda etapa do curso. Esse assunto é de suma importância para os dias de hoje e as aulas serão dadas por professores do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa), vencedor da licitação”, explicou o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa.    
            

            Entre os assuntos abordados estão: Ordem Urbana, Segurança Pública, Prevenção da Violência, Sistema de Segurança, Plano Regional de Prevenção à Violência, O Papel do Município na Segurança Pública, Violência Doméstica, Direitos e Deveres Ligados a Crianças e Adolescentes, Segurança Pública e Direitos Humanos, Técnicas de Liderança Volta à Identificação de Problemas e Atividades Comunitárias de Prevenção à Violência.

  • Guarda Mirim faz Blitz Educativa na Vila Mury

     

            Os 50 integrantes da Guarda Mirim estarão na próxima segunda-feira (dia 3), realizando uma Blitz Educativa Sobre o Trânsito, em frente ao Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Vila Mury, que fica na Av. Amazonas. Na parte da manhã, das 9h às 11h, estão participando 25 guardas mirins e na parte da tarde, entre 14h30 e 16h30, outros 25 estarão no local distribuindo a “multa moral”.

             “A novidade foi feita para chamar a atenção dos condutores que forem flagrados cometendo alguma irregularidade e a punição é aceitar esse puxão de orelha com bom humor e admitir seu erro”, afirmou a coordenadora do projeto, inspetora Paula, que pretende, através dessas fiscalizações, ensinar aos guardas mirins e aos condutores que o melhor é andar de acordo com a lei, obedecendo ao CTB (Código de Trânsito Brasileiro). 

             “Eles param os condutores de veículos diversos, incluindo motociclistas e ciclistas, além dos pedestres, para entregar panfletos educativos voltados para as faixas de pedestres, ciclistas, cinto de segurança, uso da cadeirinha, álcool e direção, entre outros e agora, caso seja flagrada alguma irregularidade, entregarão a multa moral”, explicou a inspetora.

             De acordo com o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, a distribuição de panfletos educativos é muito bem recebida pelos condutores. “Os motoristas são unânimes em afirmar que, quando a mensagem é passada por uma criança, todos a acolhem com mais facilidade. Agora vamos chamar a atenção com muito bom humor e tenho certeza de que a multa moral será bem aceita também”, explicou o comandante.

     

     

  • GMVR leva à 93ª DP homem que tumultua escola

            Por volta das 12h20min desta sexta-feira, dia 24, a Patrulha Escolar formada pela inspetora Ana Lucia, pelo GM Simon e pelo PM Silvestre foram acionados pelo Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) para comparecer à Escola Municipal João Haasis, no bairro Eucaliptal, para conter um homem que estava esmurrando a porta da escola e tumultuando o local.

             Chegando ao estabelecimento de ensino, os GMs e o PM encontraram Sidney Dione Vieira da Silva, de 35 anos, aparentando estar embriagado e portando uma garrafa de bebida alcoólica e que estava invadindo o terreno da escola e tentando agredir a sua companheira Rosilaine Alves da Costa Silva, de 50 anos, que é funcionária da escola. Todos foram levados até a Delegacia, onde foram tomadas as providências cabíveis.    

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • GMVR recupera carro furtado há 3 anos em Resende

             Por volta das 14h desta sexta-feira, dia 24, os GMs G.da Silva e Freitas foram verificar uma denúncia recebida no final da tarde dessa quinta-feira, de que havia uma carcaça de carro abandonada na estrada que liga o bairro Santa Cruz e a Fazenda Santa Cecília do Ingá.

          Chegando ao local, os GMs encontraram um Uno totalmente depenado, sem as placas. Eles entraram em contato com o gerente Batista que, ao pesquisar na rede Infoseg, através do número do chassi, descobriu que o veículo havia sido furtado em Resende no dia 28 de abril de 2010 e que a placa é KTO 5159. A carcaça foi removida para a 93ª DP, onde estão sendo tomadas as medidas cabíveis.

             Este é o 13º veículo com registro de roubo/furto que a GMVR recupera das ruas de Volta Redonda.  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • Formatura Piloto Cidadão

              A Prefeitura de Volta Redonda, por meio das Secretarias de Ação Comunitária – SMAC, Administração - SMA através da Guarda Municipal e Kartódromo Internacional de Volta Redonda realiza a FORMATURA DA 2ª TURMA DO PROJETO PILOTO CIDADÃO, o evento acontecerá no dia 26 de Maio de 2013, ás 18h no Kartódromo Internacional de Volta Redonda que fica na Avenida Ministro Salgado Filho, número 425, bairro Aero Clube, Volta Redonda.

            O Projeto Piloto Cidadão tem como objetivo desenvolver conceitos sociais, ambientais, iniciação aos conhecimentos do kart e princípios básicos de pilotagem em jovens cidadãos da cidade. Durante as aulas, as crianças são orientadas por profissionais especializados. As crianças e adolescentes selecionados fazem parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV realizados nos Centros de Referência da Assistência Social - CRAS, desta vez estão se formando participantes dos CRAS Dom Bosco e São Sebastião, alem de demanda espontânea do Kartódromo.

             Os participantes têm a oportunidade de conhecer a história do kartódromo, as técnicas utilizadas no kart, os pilotos referência, equipamentos, iniciação aos primeiros socorros, preservação do meio ambiente, iniciação à mecânica, normas, regulamentos e segurança no trânsito. Além disso, aprendem sobre os equipamentos de segurança, iniciação a pilotagem, cronometragem e competição.

             O projeto é executado pelo Kartódromo Internacional de Volta Redonda em parceria com a Guarda Municipal de Volta Redonda e a Secretaria Municipal de Ação Comunitária.

             As aulas do Projeto Piloto Cidadão acontecem terças e quartas-feiras, das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas, durante um mês, com 25 pilotos em cada turma. A Guarda Municipal é responsável pelo transporte dos participantes em todas as programações e aulas de educação no transito.

     Critérios para participação:

             Estudantes com idade entre 08 e 15 anos;

             Ter 80% de freqüência na escola e no projeto;

             Participação, interesse e acompanhamento do responsável;

             Faltas terão que ser justificadas pelo responsável.

     

             Próximas turmas serão formadas por crianças e adolescentes dos CRAS Rústico, São Carlos e Jardim Ponte Alta que iniciaram em 14 de Maio.

     

            Maiores informações no CRAS mais próximo de seu bairro ou no Kartódromo pelo telefone: (24) 3341–0750 – WWW.kartvoltaredonda.com.br/ WWW.pilotocidadao.org.br

     

     

     

  • GMVR flagra dois casos de embriaguez em acidente

            A Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) flagrou, no último sábado (dia 18), por volta das 4h, na Vila Santa Cecília, dois casos de embriaguez ao volante, durante o atendimento de um Brat (Boletim de Registro de Acidente de Trânsito). O inspetor Ferreira, quando chegou ao local, percebeu que os condutores dos veículos envolvidos mostravam sinais de alcoolemia. Robson Faustino, de 34 anos, estava dirigindo o Santana preto, placa BQN 3766, foi encaminhado ao posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Dorândia, para fazer o teste do etilômetro e teve a embriaguez confirmada, com 0,72 mg/L. Ele teve a CNH retida e foi autuado por dirigir sob a influência de álcool e por estar com o documento de porte obrigatório atrasado, pois o último licenciamento é de 2006.

             Isac Alves de Mendonça, de 46 anos, era o motorista da Blazer azul, placa CKP 4597, também foi levado ao posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Dorândia, para fazer o teste do etilômetro e teve a confirmação da embriaguez, com 0,76 mg/L. Ele foi autuado por dirigir sob a influência de álcool e teve a sua CNH retida, bem como o veículo recolhido ao Depósito Público Municipal, pois não apresentou outro condutor habilitado.    Ambos foram levados à 93ª DP, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

     

     

     

     

     

     

Guarda Municipal de Volta Redonda 

Rua Alexandre Polastri Filho, nº 10 - Ilha São João | CEP: 27251-970

Tel: (24) 3339-9301 | (24) 3339-9300 | Ouvidoria: (24) 3339-9292 | Email: gmvr@epdvr.com.br