PMVR Conclui Primeira Etapa de Fiscalizações em Pontes e Viadutos

Na próxima semana, outras quatro edificações do tipo serão vistoriadas

Equipes da Prefeitura de Volta Redonda encerraram nesta terça-feira, dia 19, a primeira etapa de fiscalizações de pontes e viadutos do município. Quatro edificações foram vistoriadas com o objetivo de estabelecer um programa de manutenção sistemáticas, nas chamadas “Obras de Arte” do município, que engloba pontes, viadutos e passarelas.

A última inspeção aconteceu na ponte Dom Waldir Calheiros Novais, que liga o bairro Aterrado ao Aero Clube e foi coordenada pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPU) e teve a participação de representantes da secretaria municipal de Infraestrutura (SMI), Defesa Civil, e a Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana(STMU). Na próxima semana, outras quatro serão revistas, de um total de doze consideradas mais utilizadas.

“Passamos pelas pontes da Radial Leste e Dom Waldir Calheiros além dos viadutos Nossa Senhora das Graças e Heitor Leite Franco. Essas quatro primeiras fizemos com base no que considerávamos as mais movimentadas. Agora vamos avaliar e definir mais quatro, a serem realizadas na próxima semana”, frisou Marcio Lins, presidente do IPPU.

Ele acrescentou que a estrutura da ponte vistoriada hoje é toda de concreto, não apresentando nenhum componente metálico. “Ela é bem superdimensionada na parte estrutural e está em ótimas condições. Os únicos cuidados que precisamos tomar é a drenagem do piso, que não possui boca de lobo e tende a entupir”.

Um representante da SMI acompanhou e foi recomendada no relatório apenas uma melhora na conservação. “De um modo geral, estamos avaliando que existem poucos problemas”, pontuou Marcio.

Para esse primeiro relatório foi destacado que, de uma forma geral, as juntas de dilatação precisam de manutenções. Onde pequenos movimentos da ponte e a dilatação natural concebem deterioração aos pouco. A partir daí, serão feitas manutenções periódicas para evitar infiltrações e acumulo de terras.

O secretário de Infraestrutura, Toninho Orestes contou que eles estão apoiando essas visitas com uma visão técnica e de forma visual. “No momento que detectarmos alguma demanda primordial atuaremos na manutenção com equipamentos especiais. São importantes esses suportes para preservar as chamadas “obras de artes” e prolongar a durabilidade delas”, explicou Toninho.

Essas vistorias continuam servindo para o relatório do cronograma de manutenções. Até o meio do ano, o relatório geral será apresentado ao Prefeito Samuca Silva com todo o trabalho preliminar terminado. Após isso entregue a secretaria municipal de Infraestrutura para ser incluso o programa de manutenção preliminar de pontes e viadutos.

Essa foi uma demanda proposta pelo prefeito Samuca Silva, e designou que uma equipe fique responsável por criar esse cronograma.

“Esse é um trabalho novo no município e vai aperfeiçoar as demandas e permitir que tenhamos manutenções constantes em todas as nossas pontes, viadutos e passarelas do município”, finalizou Samuca.

Por Renan Ferreira com fotos de Gabriel Borges - Secom/VR

Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Volta Redonda

Rua: José Harmito de Sá, nº. 25 - 1º, 2º e 3º andar - Aterrado - CEP: 27215-310

Tel.: (24) 3339-9090 / (24) 3339-9085