Ações da Secretaria Municipal de Saúde acontecem a partir das 8h, na Praça Brasil, e às 9h, no Ginásio do Skate, no Jardim Tiradentes

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove neste domingo (28) a aplicação de vacinas contra a Covid-19 e Influenza. As ações acontecem a partir das 8h, na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília; e às 9h, no Ginásio Municipal do Skate, no bairro Jardim Tiradentes.

O objetivo da vacinação é atingir o máximo de moradores, que estão com doses em atraso, e também aqueles que ainda não se vacinaram com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. No local haverá aplicações de primeiras, segundas e terceiras doses.

Na Praça Brasil, a vacinação ocorre até as 13h. Participantes do Clube de Antiguidades Automotivas e integrantes dos Falcões de Aço Moto Club apoiarão a ação. Haverá exposição de veículos antigos e motocicletas. No Ginásio Municipal do Skate, a imunização ocorre até as 19h, em paralelo ao campeonato de skate ‘Roots Boards em Chile’, organizado pela Associação dos Skatistas de Volta Redonda, com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel).

Público-alvo da vacinação
A primeira dose da vacina contra Covid será disponibilizada para pessoas com 12 anos ou mais. A segunda dose da CoronaVac e Pfizer para vacinados até 07/11/2021. O intervalo entre primeira e segunda dose foi antecipado para 21 dias. A segundas dose da AstraZeneca será ofertada aos vacinados até 31/10/2021, o intervalo mínimo é de 28 dias.
A dose de reforço continua disponível para pessoas com 18 anos ou mais, vacinadas com a segunda dose até 04/07/2021. Pessoas acima de 50 anos, profissionais de saúde, e pessoas com comorbidades – de qualquer faixa etária– podem receber a terceira dose, a partir de três meses após aplicação da segunda dose. O intervalo para pessoas com imunossupressão grave (imunossuprimidos) é de 28 dias depois da segunda dose.

Já o imunizante contra a Influenza é destinado aos que ainda não receberam a vacina em 2021 e que tenham mais de seis meses de idade.

Os moradores que precisam tomar alguma das doses acima devem apresentar cartão vacinal, documento de identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR