Equipes já instalaram 350 luminárias nesta segunda etapa do projeto que está proporcionando maior luminosidade e sensação de segurança

A segunda fase do projeto de iluminação de LED em Volta Redonda já conta com 350 novas lâmpadas do modelo em vias e espaços públicos da cidade. Através da empresa responsável pela implementação, a prefeitura está substituindo as lâmpadas de vapor de sódio e metálicas (amarelas) pelas de LED, proporcionando mais de R$ 120 mil em economia aos cofres públicos, além de maior luminosidade e sensação de segurança.

As equipes já instalaram as novas luminárias na Rua Sessenta (bairro de mesmo nome); Avenida Getúlio Vargas (Centro), ruas 4-A, 4-B e 209 (Conforto), Rua 207 (São Lucas); e Rua 14 (praça da Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília). Nesta fase do projeto, serão instaladas mais de 500 luminárias, com investimento de aproximadamente R$ 450 mil (recursos municipais).

Também estão sendo beneficiadas as seguintes vias: ruas 27 e 31, próximas ao Jardim dos Inocentes e Praça do Memorial Zumbi, na Vila Santa Cecília; Acessos à Via Sérgio Braga, no São Lucas; Rua 4, no Conforto; alguns pontos da Avenida 7 de Setembro e Viaduto Heitor Leite Franco, além da Praça Sávio Gama, no Aterrado; e Avenida Argentina, na Vila Americana.

Com o avanço do projeto pelo interior dos bairros, a previsão é que a economia seja de aproximadamente R$ 800 mil por mês.

Primeira etapa trocou mais de 2 mil lâmpadas
A primeira etapa contemplou as regiões dos principais centros comerciais, como vias da Vila Santa Cecília – incluindo o chafariz e a Praça Brasil; a Avenida Amaral Peixoto e transversais, no Centro; as avenidas Antônio de Almeida e Sávio Gama, no Retiro; avenidas Paulo de Frontin, Lucas Evangelista e 7 de Setembro, no Aterrado; e Avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes, a Beira-Rio, no trecho entre o bairro Niterói e a entrada do Belmonte. Ao todo, 2.130 lâmpadas foram trocadas.

Foto: Divulgação Secom/PMVR