Trabalhos estão previstos para começar na próxima semana; Esta é a primeira de uma série de obras a serem realizadas nos próximos meses

Está prevista para começar na próxima semana a obra de reforma, readequação e ampliação da Unidade de Saúde da Família do bairro Santa Cruz. A licitação foi realizada nesta quinta-feira, dia 02. O valor do investimento é de R$1.033.088,68 e a previsão de execução é de oito meses. De acordo com a secretária municipal de saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha, esta é a primeira de uma série de obras que serão licitadas, ainda este ano: reforma e adequação do Cais Conforto, adequação da Elétrica e Climatização da SMS, reforma da Policlínica da Melhor Idade, reforma do prédio anexo à arena poliesportiva para realocação do Centro de Reabilitação- CER III e implementação da oficina ortopédica.

“Revisamos e adequamos a planta arquitetônica e os projetos complementares da reforma porque eles não atendiam às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) previstas na construção de unidade básica de saúde para receber equipes da estratégia de saúde da família. Esta é a primeira de uma série de obras que estão previstas para a ampliação do atendimento em saúde no município”, disse Conceição.

Ainda de acordo com dados da Secretaria de Saúde, mais de 12 mil pessoas são atendidas pela USF do bairro Santa Cruz, que também recebe a população do Santa Rita do Zarur, Voldac, Ingá 1 e 2, além de outras localidades próximas. A unidade funcionará em horário estendido até as 22 horas e aos sábados. Com a reforma, a previsão é aumentar o atendimento de estratégia de saúde da família dessa localidade, que, de acordo com as estimativas, concentra cerca de 30 mil moradores.

A obra prevê a reforma geral do prédio, inclusive com informatização e climatização do ambiente, priorizando a circulação do ar e de pessoas. O projeto conta ainda com a ampliação da central de esterilização e um abrigo para resíduos sólidos.

Os moradores do local poderão contar com a cobertura de quatro equipes de estratégia de saúde da família, com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e agentes comunitários. A secretaria de saúde está pleiteando ainda a instalação de uma base fixa do SAMU e unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, que atenderá aos chamados da localidade 24 horas por dia.

“Estamos muito felizes em iniciar uma das obras mais esperadas pela população de Volta Redonda. Os moradores do Santa Cruz e toda aquela localidade merecem essa obra. Esta é a primeira de outras obras que ainda temos que fazer para melhorar a saúde do município. Gostaríamos de ter iniciado antes, mas infelizmente tivemos que primeiro regularizar o pagamento de diversos fornecedores e funcionár ios da secretaria de saúde que havia ficado em débito da gestão anterior”, disse o prefeito Antonio Francisco Neto.
O prefeito Neto afirmou ainda que a reforma no posto era uma cobrança constante dos vereadores do bairro, como Vair Duré e Edson Quinto.

 

Foto: Arquivo/Secom