Atividades culminaram com abertura da Casa do Papai Noel, na Praça Brasil, na noite de domingo, 05; na sexta, 03, as luzes da cidade foram acesas e no sábado, 04, a Orquestra Maré da Manhã percorreu vários bairros

O “Natal da Cidadania” foi lançado neste fim de semana pela Prefeitura de Volta Redonda. As atividades culminaram com a abertura da Casa do Papai Noel, na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília, e com o início da distribuição de presentes para as crianças na noite de domingo, 05. Na sexta-feira, 03, luzes de Natal foram acessas em diversos pontos da cidade e houve cantata com a participação da Fanfarra da ETPC, na Praça Pandiá Calógeras, no bairro Sessenta. No sábado, 04, um show inédito no município. A Orquestra Maré do Amanhã percorreu os bairros Retiro, Niterói, Aterrado, Centro e Vila Santa Cecília, encerrando a apresentação itinerante na Praça Brasil.

O prefeito Antonio Francisco Neto participou de todas as atividades e afirmou que a população de Volta Redonda merece esse momento de alegria após um momento tão difícil. “Agradeço a toda equipe que tornou essa festa realidade e principalmente a toda população que acredita no nosso trabalho e participa conosco em todos os projetos. A festa é de vocês. Feliz Natal a todos”, desejou o prefeito, que também deu boas-vindas ao Papai Noel, que chegou à sua casa escoltado pelos motociclistas do grupo Falcões de Aço.

Neto pediu às crianças que o cercavam que entregassem a chave da cidade ao Papai Noel, que neste período natalino cuidará de Volta Redonda. “Ele vai ficar nesta casa na Praça Brasil até o dia 23 de dezembro e vai atender as crianças das 15h às 22h, diariamente, distribuindo mais de 18 mil brinquedos no período”, avisou o prefeito, lembrando que as pessoas que ficam na fila contam com cadeiras para sentar e cobertura para proteger do sol e da chuva, garantindo mais conforto para esperar o Papai Noel.

O prefeito ainda fez um apelo às pessoas que participam das atividades natalinas do Natal da Cidadania de Volta Redonda. “Não se esqueçam do uso da máscara, da higienização das mãos e de tomar as dose de vacina quando chegar a hora. Só assim vamos vencer o coronavírus”, completou Neto.

O secretário de Cultura, Anderson de Souza, afirmou que é um sonho realizado ver a cidade bonita, iluminada, colorida e alegre para celebrar o Natal. “Mas quem faz a festa acontecer são vocês, as pessoas desta cidade, por isso “Natal da Cidadania”, falou, citando o carnavalesco do Bloco da Vida, Paulo Bernardo, responsável pelo grupo que criou toda decoração da Casa do Papai Noel com material reciclado e baixo custo de produção. Anderson agradeceu ainda à parceria da Fundação CSN e da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Volta Redonda para a realização da festa.

O diretor presidente do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Paulo César de Souza, que coordena a equipe que organizou o “Natal da Cidadania” agradeceu a todos os envolvidos. “Foi um trabalho conjunto com a participação de todas as secretarias municipais”, contou. O responsável pelo Departamento de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Deip/SMI), Edmar Borges, citou que para fazer a cidade mais bonita foram usados 200 quilômetros de fiação para sustentar as sete milhões de lâmpadas natalinas. “Elas foram instaladas na Vila Santa Cecília, Retiro, Nossa Senhora das Graças e Amaral Peixoto. Agora, a partir desta semana, começamos a acender as Árvores de Natal nos bairros, em parceria com as associações de moradores”, avisou.

E a população aprovou a abertura do “Natal da Cidadania”. Moradora do bairro Belmonte, Irionalda da Silva chegou cedo à Praça Brasil e junto com as filhas Raíla, de 10 anos, e Rebeca, de 7 anos, e conseguiu ser a primeira da fila para falar com o Papai Noel. “Estou ansiosa por uma foto com ele” disse Raíla. “Estou encantada com tudo. A decoração está linda, é um afago no coração, após tanta tristeza”, disse Irionalda.

Tatiane Souza Soares, com muleta e uma bota ortopédica, chegou à Praça Brasil acompanhada do marido Welington Ribeiro de Oliveira e dos filhos Arthur, de quatro anos, e Mikaely, de apenas um ano. A família é moradora do bairro Belo Horizonte. “É uma felicidade ver esta festa de volta na cidade. É tudo muito bonito, não podia perder e nem privar meus filhos deste momento de beleza e alegria”, disse Tatiane. “Estou com muita saudade do Papai Noel”, completou Arthur.

A programação do “Natal da Cidadania” segue até o próximo dia 23 de dezembro com destaque para apresentação da Banda e Coral Municipal de Volta Redonda no sábado, dia 11, às 19h, na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. No repertório as canções natalinas.

 

Foto: Geraldo Gonçalves- Secom/PMVR