Carro-volante com apoio da Defesa Civil percorre a cada dia um bairro diferente, além dos postos de imunização nos centros comerciais e nas 46 unidades de saúde

A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebeu na noite dessa segunda-feira (6) 11 mil vacinas contra a Covid-19. O novo estoque foi entregue pelo governo do estado do Rio de Janeiro e com essa remessa de imunizantes o município permanece com as novas estratégias de vacinação descentralizadas.

As medidas adotadas são para facilitar ainda mais o acesso dos imunizantes à população e consistem no carro da vacinação, com apoio da Defesa Civil, que percorre a cada dia um novo bairro, das 09h às 13h. A escolha dos bairros leva em consideração as áreas mais extensas territorialmente e localidades mais distantes das unidades de saúde.

Além dos postos de imunização nos centros comerciais - shoppings Sider e Park Sul, das 10h às 20h – todas as 46 unidades de saúde (UBS e UBSF) estão vacinando das 08h às 16h. Onze unidades funcionam com horário estendido para atender a população, até as 21h: São João, São Geraldo, 249, Vila Mury e Volta Grande. Até as 18h: Siderlândia, Jardim Paraíba, Vila Rica/Tiradentes, Santo Agostinho, Açude I e Santa Cruz.

As novas estratégias foram definidas pela secretaria de Saúde para atingir, principalmente, os faltosos das segundas e doses de reforço, entretanto mesmo com 231.389 primeiras doses aplicadas, o que representa 98% da população acima de 12 anos. As equipes volantes de vacinação também estão conseguindo atingir pessoas que ainda não haviam tomado nem a primeira dose da vacina.
Esse é um saldo positivo que tem se mantido todos os dias. Segundo o coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, médico sanitarista Carlos Vasconcellos, a média de pessoas que estão recebendo a primeira dose é de 80 por dia, mas a maioria das aplicações é referente às doses de reforço e segunda dose.

O médico ressaltou que o município não mede esforços para vacinar e a proximidade de levar a dose para porta da casa das pessoas foi uma medida eficaz para atingir os ainda não vacinados.

“A nova estratégia é o “empurrãozinho” que faltava para que a pessoa que ainda não se vacinou, se vacinar. O carro da vacina é como se fosse o ‘carro do ovo’ passa na porta da casa das pessoas e aplica as doses, no caso de moradores acamados ou com alguma dificuldade de locomoção a equipe de Saúde entra na casa e presta o atendimento. A vacinação em domicílio acontece desde o início da campanha de vacinação em Volta Redonda, mas seguimos intensificando a aplicação de doses, principalmente, reforçando a terceira dose em idosos”, comentou Vasconcellos.

‘Carro da vacinação’

O primeiro bairro atendido pelo carro da vacinação foi o Santa Cruz, no dia 1º. Outros bairros que receberam a iniciativa da prefeitura ao longo da semana foram Vila Americana, Santa Rita do Zarur e São Luiz. Nesta terça-feira, dia 07, o bairro Açude I, II, II e IV está recebendo o carro-volante, entretanto, devido à chuva nesta manhã as equipes da saúde estão aplicando as doses da vacina contra a Covid-19, na sede da Associação de Moradores e Amigos do bairro Açude. Uma equipe da saúde continua vacinando as pessoas acamadas ou com alguma dificuldade de locomoção em casa, na extensão o bairro I, II, III e IV.


Serviço
Carro da vacinação – das 09h às 13h

Quarta-feira, dia 08 – Ponte Alta
Quinta-feira, dia 09 – Conforto
Sexta-feira, dia 10 – Monte Castelo
Sábado, dia 11 – Jardim Paraíba
Segunda-feira, dia 13 – Água Limpa I
Terça-feira, dia 14 – Roma
Quarta-feira, dia 15– Jardim Belvedere
Quinta-feira, dia 16 – Água Limpa II
Sexta-feira, dia 17 – Siderlândia

 

Foto: Divulgação/PMVR