Retomada dos salários em dia dos servidores está entre as conquistas destacadas em balanço da administração municipal

Desde que assumiu o Governo Municipal, o prefeito Antonio Francisco Neto definiu com uma de suas prioridades a recuperação financeira da administração municipal e o pagamento dos salários dos servidores em dia. Com apoio de sua equipe de secretários, iniciou neste ano uma trajetória de parcerias e soluções que estão permitindo que a prefeitura venha conquistando cava vez mais suas metas financeiras e melhorando o serviço público.

“Pegamos uma Volta Redonda muito afetada pela pandemia, com muitos serviços precários, e o funcionalismo com pagamentos atrasados. Conseguimos retomar os pagamentos em dia e no mesmo mês trabalhado, pagar salários atrasados, pagar o abono dos professores. Tudo isso graças ao esforço de nossas equipes e das parcerias como a do Banco Itaú e do Governo do Estado, que são fundamentais para conseguirmos pagar o funcionalismo e investir em melhorias para a cidade”, destacou o prefeito.

De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), a prefeitura já pagou aproximadamente R$ 540 milhões ao funcionalismo entre os meses de janeiro e dezembro. Essa quantia inclui pagamentos referentes a 2020 (mais de R$ 60 milhões) e a este ano (cerca de R$ 480 milhões).

Na terça-feira (28), a Prefeitura de Volta Redonda pagou a segunda parcela do Fundeb (Fundo Nacional da Educação Básica) para professores da Rede Municipal de Ensino, somando R$ 4,5 mil por matrícula. Além do abono, profissionais da Educação também receberam adiantamento de 1/3 das férias. Estes pagamentos aconteceram junto aos demais servidores públicos da Prefeitura. Com isso, o governo municipal injeta quase R$ 100 milhões no comércio de Volta Redonda este mês.

Os servidores também já receberam a antecipação da primeira parcela do 13º salário, com recursos gerados pela venda da folha de pagamento ao Banco Itaú por cerca de R$ 40 milhões, mostrando que o Governo Municipal está retomando a credibilidade junto às instituições.

“A ajuda do Governo do Estado foi essencial para que pudéssemos fazer as contas fecharem. O incentivo à retomada da atividade econômica, ações de cobrança de grandes devedores e o estímulo ao acerto dos débitos junto ao poder público, através da lei do Refis, foram outras medidas que nos permitiram atingir esses resultados”, explicou o secretário municipal de Fazenda, Erik Higino.

Em complemento aos esforços e parcerias para o pagamento em dia do funcionalismo, a prefeitura também vem investindo em outras melhorias para os servidores. De acordo com o secretário municipal de Administração, Cláudio Franco, a pasta promoveu um trabalho de reestruturação para melhorar o atendimento.

Dentre as ações estão o recadastramento dos servidores realizado de forma online, o retorno do Departamento de Recursos Humanos (RH) para o antigo endereço (facilitando o atendimento), e a disponibilização de uma plataforma online na Sala do Servidor, permitindo que o funcionalismo possa abrir requerimentos de forma mais ágil e cômoda.

“Além disso, a parceria com o Itaú trouxe diversos benefícios financeiros para os servidores. Estamos trabalhando diariamente para que todo o quadro de funcionários tenha melhor acesso às informações e um atendimento cada vez mais ágil e eficiente”, acrescentou Franco.

O prefeito Antonio Francisco Neto ressaltou a importância de Volta Redonda estar conseguindo se recuperar economicamente, mesmo com a pandemia ainda em curso.

 

Foto: Divulgação Secom/PMVR