Obra prevê reforma geral do prédio, com adequações às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Investimento é de mais de R$ 1 milhão

A reconstrução da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Guanahyro Ferreira Netto, no bairro Santa Cruz, teve início nesta semana. As obras preveem a reforma geral do prédio, inclusive com informatização e climatização do ambiente, priorizando a circulação do ar e de pessoas. O projeto conta ainda com a ampliação da central de esterilização e um abrigo para resíduos sólidos. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada em dezembro. O valor do investimento é de R$1.033.088,68 e a previsão de execução é de oito meses.

A reforma geral da UBSF teve início em maio de 2019, na gestão passada, mas acabou paralisada no ano passado. O projeto precisou ser readequado.

“É uma grande reforma. Revisamos e adequamos a planta arquitetônica e os projetos complementares, porque eles não atendiam às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) previstas na construção de unidade básica de saúde para receber equipes da estratégia de saúde da família”, explicou a secretária municipal de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha.

Além da UBSF do Santa Cruz, uma série de obras será licitada, entre elas está a reforma e adequação do Cais Conforto; ajustes no prédio da Secretaria Municipal de Saúde, na parte elétrica e climatização; revitalizações da Policlínica da Melhor Idade e do prédio anexo à Arena Poliesportiva da Voldac para realocação do Centro de Reabilitação-CER III e implementação da oficina ortopédica.

Mais de 12 mil pessoas são atendidas pela UBSF do bairro Santa Cruz, que também recebe a população do Santa Rita do Zarur, Voldac, Ingá I e II, além de outras localidades próximas. A unidade funcionará em horário estendido até as 22 horas e aos sábados. Com a reforma, a previsão é aumentar o atendimento de estratégia de Saúde da Família dessa localidade, que, de acordo com as estimativas, concentra cerca de 30 mil moradores.

Após a reforma, moradores poderão contar com a cobertura de quatro equipes de estratégia de Saúde da Família, com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e agentes comunitários. A secretaria de Saúde está pleiteando ainda a instalação de uma base fixa e uma ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que atenderá aos chamados da localidade 24 horas por dia.

Além de um desejo antigo dos moradores, a reforma no posto era uma cobrança constante dos vereadores do bairro, Vair Duré e Edson Quinto.

 

Foto: Cris Oliveira- Secom/PMVR